.

BMW

BMW Série 4 Gran Coupé imita grades polêmicas em versão quatro portas

Publicado

em

Frontal e traseira do BMW Série 4 Gran Coupé

Gran Coupé preserva visual da frontal excêntrica de seu parente

A BMW lançou há algumas semanas os novos Série 4 Coupé que, se não agradaram a todos por conta de seu visual extravagante, ao menos chamou para si todos os olhares do mundo automotivo. Agora, a versão Gran Coupé toma os comentários em sua chegada, pelo mesmo motivo qual o veículo anterior repartiu opiniões entre aqueles que amaram ou odiaram.

Isso por conta da ousada frontal do veículo que surge com um verdadeiro carão, por conta da imensa extensão das grades, essas que são capazes de causar uma impressão de oito ou oitenta nos observadores. A diferença mesmo fica por parte do fato que, diferente do veículo anteriormente lançado, o novo BMW Série 4 Gran Coupé contará com quatro portas, sendo assim uma versão consideravelmente maior.

Através das imagens divulgadas foi possível perceber que não há nada mais impactante no visual frontal desse veículo do que as imensas grades que tomam todo o espaço vertical, desde o capô, o que é suficiente para conferir total exclusividade para elas no visual do veículo. Enquanto isso, é clara a modéstia da traseira do Gran Coupé, que se contenta em até mesmo manter as descargas alinhadas ao corpo do veículo, de modo que pareça um modelo compacto, sobretudo quando comparado com a extravagância da região oposta.

Lateral-frontal do BMW Série 4 Gran Coupé

Série 4 Gran Coupé (lateral), divulgação.

Por meio da notável diferença de entre os aspectos da frontal e traseira do veículo, é possível inferir que a BMW buscou, de certo modo, deixar as coisas bem equilibradas. Dessa forma, por mais que tenha tido a liberdade de ousar em um setor do veículo, preferiu manter-se sóbria em relação à traseira e ao interior, sendo que esse último recebeu somente poucas alterações quando comparado com o veículo da Série 3.

Mais potência no Gran Coupé

Também acompanha o veículo citado nas versões dos sistemas de motores, por conta disso, o grande nome do novo BMW Série 4 Gran Coupé fica a cargo de uma versão híbrida composta por um motor 2.0 turbo a combustão e outro motor elétrico, com oito marchas. Isso tudo resulta em um trabalho capaz de gerar 292 cv de potência, que quando comparado com o Série 4 430i, que possui motor 2.0 turbo (B46), são 34 cavalos a mais de potência.

No entanto, não seria justo comparar a versão inicial do Gran Coupé com a M40i, que consegue gerar 387 cv. Para ser uma comparação equivalente, será preciso considerar a esperada versão M, que será muito mais potente motor 3.0 biturbo de seis cilindros, com capacidade de 510 cv, ou seja, 123 cv a mais que a linha turbo (B58) do Série 4.

 

Traseira do BMW Série 4 Gran Coupé

Lateral do Série 4 Gran Coupé, divulgação.

Por mais que as informações sobre como o novo BMW Série 4 Gran Coupé será apresentado tenham sido divulgadas, até o momento não houve nenhuma divulgação de uma data a respeito de quando esse veículo estará disponível para o mercado.

Apesar disso, para aqueles que estão interessados no veículo, é sabido que precisarão esperar alguns meses a mais que um semestre. Isso porque é esperado que o Gran Coupé dê as caras a partir dos primeiros meses de 2021, causando o mesmo impacto causado pelo seu parente, por conta do visual extravagante e cheio de personalidade, sem deixar de lado a potência do motor.

Fonte: Road Show (CNET)

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque