.

Híbrido

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in

Publicado

em

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in

Confira as mudanças presentes no novo Santa Fe

Hyundai Santa Fe 2021 foi apresentado no início de junho, isso após já estar há mais de 24 meses no mercado, com alterações significativas, intensas o suficiente para se enquadrarem enquanto uma verdadeira repaginação do SUV. As verdadeiras novidades ficaram a cargo dos modelos híbridos e híbridos de carregamento direto (plug-in). Dessa vez, a Hyundai surge com novas informações, que permitem um vislumbre mais próximo da realidade a respeito dos novos veículos Santa Fe.

É interessante notar a opção que foi tomada pela Hyundai sobre o rumo que essa linha SUV tomaria, já que, mesmo estando há relativamente pouco tempo em atividade, sofre uma mudança que confere uma nova cara para esse veículo. Essas mudanças, que são percebidas pelo espectador quanto ao design que incorpora elementos modernos, não param no campo do que pode ser apreendido de forma inicial pelos cinco sentidos.

As alterações se estendem dos novos recursos que chegaram ao veículo até mesmo as modalidades de fornecer tração para as rodas. Mas, até então, as informações a respeito da propulsão do Santa Fe 2021 estavam nubladas, sendo motivo de bastante palpites, por parte daqueles entusiastas que se propunham a prever e que agora obtêm resposta de êxito ou não, mediante o pronunciamento oficial da Hyundai a respeito do trens de força dos veículos.

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in 2

Novo Hyundai Santa Fe, divulgação.

O SUV que surge com a modalidade híbrida comum e plug-in é dotado de um marco, já que, até então, não haviam sido lançados pela marca, no mercado europeu, tais versões. Em virtude disso, a Hyundai encara esse lançamento como um importante ponto alcançado. Essa visão encontra significado na realidade, sobretudo quando considerada os atuais esforços da Europa de diminuir a emissão de poluentes por parte dos automóveis.

O propulsor híbrido está disponível nas versões 4×4 e com tração apenas nas rodas frontais, com potência de 230 cavalos e torque de 35,7 kgfm. é formado pelo motor 1.6 litro T-GDi híbrido que trabalha em conjunto com uma unidade de 44,3 kW, enquanto isso, a energia provém de uma bateria de íon de lítio de 1,49 kWh. Enquanto que a versão híbrida de carregamento na tomada, que usa uma bateria polímero de lítio de 13,8 kWh, é dotada o mesmo motor, trabalhando com uma unidade de 66,9 kW. Essa atividade consegue gerar potência de 265 cv e torque de 35,7 kgfm.

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in 6

Santa Fe 2021 híbrido, divulgação.

Ao comparar esse movimento da Hyundai, de rumar para os híbridos no território europeu, com a versão que sairá no mercado sul-coreano, é possível inferir que o essa ação da fabricante surge como uma forma de se posicionar em um mercado que, a cada dia, se torna mais competitivo. Assim, pois, o Hyundai Santa Fe 2021 chega à Coreia do Sul, em sua versão de entrada, com 201 cavalos e 40,8 kgfm, que surgem da atividade de um motor 2.2 a diesel.

No entanto, é necessário apontar que a Coreia do Sul ocupa a pior posição de todos os países que estão na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de acordo com informações de três anos atrás. Além disso, no ano passado, o país superou em 61 microgramas/m3 o nível “muito ruim” de poluição, o que forçou algumas movimentações governamentais, como o fechamento de algumas usinas termoelétricas a carvão.

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in 5

Interior do Hyundai Santa Fe, divulgação.

No setor automobilístico, foi retirado o teto que limitava as vendas dos veículos movidos a gás liquefeito de petróleo (GLP), que são conhecidos por emitirem menos poluentes do que quando comparados com um motor a diesel. Apesar disso, ao menos dá a entender, que as medidas adotadas pela gestão em relação ao setor automobilístico ainda não atingiram o total esperado, tendo como evidência a escolha do motor a diesel para o novo Hyundai Santa Fe.

Diante desse cenário, as versões híbridas desse veículo, chegam ao mercado norte-americano com transmissão automática de seis velocidades, o que além de favorecer a migração de uma marcha para outra de forma mais macia, proporciona uma maior economia do combustível, por conta de mudanças mais inteligentes.

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in 7

Fundo do Hyundai Santa Fe 2021, divulgação.

+ Economia

O Smartstream, motor do Hyundai Santa Fe 2021, inaugura o Continuously Variable Valve Duration (CVVD), sistema que consegue configurar o tempo de abertura da válvula do motor, possibilitando que mais ou menos ar circule pelo cilindro, se adequando dessa forma, a cada rotação específica. sistema que favorece 5% na economia, quase o mesmo a mais de desempenho do motor e 12% a menos de emissões de poluentes.

Em suma, esse se trata de um veículo que aposta num verdadeiro “jogo limpo”, sobretudo quando utiliza do remanejamento dos gases que seriam liberados, o que também auxilia na diminuição das emissões e favorece um mais efetivo consumo do combustível.

Hyundai Santa Fe 2021 apresenta motor híbrido e plug-in 8

Novo Hyundai Santa Fe 2021, divulgação.

No mercado europeu, o Hyundai Santa Fe 2021 chegará no mês de setembro e logo em seguida nos EUA. No entanto, a versão híbrida de carregamento direto terá de aguardar até o próximo ano, enquanto que a chegada desse veículo para o Brasil ainda não tem data programada, mas deverá ocorrer a partir da metade de 2021.

Fonte: Road Show (CNET)

 

 

 

 

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Publicidade

Destaque