.

Economia

Auxílio Emergencial 2021: Confira o novo calendário de janeiro

Publicado

em

Auxílio emergencial

Com o fim do auxílio emergencial no final do ano passado, a Caixa Econômica Federal divulgou que seguirá realizando o pagamento das parcelas restantes do benefício, em janeiro de 2021.

Os saques do auxílio emergencial se referem aos ciclos 5 e 6, onde a mesma relação é utilizada para os dois. O pagamento das parcelas que aconteceram até então foram direcionados para os beneficiários que nasceram entre os meses de março e abril, entre os dias de 4 e 6.

Enquanto isso, na semana que vem, acontecerão novos três saques, esses para os três meses seguintes: maio, junho e julho. O calendário do auxílio emergencial 2021 afirma que a liberação começará a partir do dia 27 de janeiro.

Saques do auxílio emergencial: ciclo 5 e 6

  •  Beneficiários nascidos em março: 4 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos em abril: 6 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos em maio: 11 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos junho: 13 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos julho: 15 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos agosto: 18 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos setembro: 20 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos outubro: 22 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos novembro: 25 de janeiro de 2021
  • Beneficiários nascidos dezembro: 27 de janeiro de 2021

Prorrogação: novas parcelas do auxílio emergencial

O Governo Federal afirmou que, para que ocorra a prorrogação do auxílio emergencial seria necessário que o Brasil declarasse estado de calamidade. Nessas condições, as medidas políticas do país não precisariam observar o teto de gastos do Governo.

O presidente Jair Bolsonaro afirma que o auxílio não deveria ser prorrogado, considerando a frágil situação da economia brasileira e o respeito ao limite de gastos. Mas também, em uma live realizada na última quinta (7), afirmou que não impediria uma possível medida de prorrogação do auxílio emergencial, caso esta fosse tomada pela Câmara.

Em um contexto onde boa parte dos indivíduos brasileiros estão desempregados, a prorrogação de novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 se tornou um tema bastante discutido. Mas, até então, não houve nenhuma confirmação por parte do Governo, de que o benefício será estendido.

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque