.

Economia

Novo auxílio emergencial deverá obedecer critérios diferentes

Publicado

em

Contando benefício do auxílio emergencial

Auxílio emergencial – É fato que o presidente Jair Bolsonaro está colocado contra parede para que o auxílio emergencial ganhe novas parcelas. Acontece que, ao menos para o seu pessoal, o auxílio teria alcançado a sua potência, ou seja, a sua missão. Em um cenário de segunda onda do novo coronavírus, e com o desempenho em níveis alarmantes, a prorrogação do auxílio é um recorrente tema de discussão.

Isso significa dizer que se houver um novo auxílio, esse deverá vir no outro formato e, provavelmente, deverá ser oportunizada a abertura de novas inscrições. Assim, para que aquelas pessoas que não tiveram acesso ao auxílio emergencial em até então, possam ter acesso ao benefício. Essa seria a realidade no campo teórico, não havendo nenhuma confirmação de prorrogação do benefício, tampouco de como esse ocorrerá.

Novo auxílio emergencial

Novas parcelas do auxílio emergencial, divulgação.

Só que, por um outro lado, existe uma outra perspectiva que nós não podemos deixar considerar, essa que a abrangência do auxílio emergencial em 2020 pode ser reduzida em 2021. Ao invés de se abrir novas inscrições, pode ser que vai auxílio será exclusivo para apenas um grupo, seja ele do Cad. único ou do Bolsa Família.

Isso, caso ocorra, representará um retrocesso social muito grande, porque porque muitas pessoas, mesmo observando, as condições de elegibilidade do auxílio emergencial de 2020, não conseguiram receber. Alguns porque o Cadastro único não estava atualizado e, consequentemente, os dados do bolsa família não estava atualizados. E isso fez com que muitas pessoas ficassem de fora do auxílio emergencial.

Sacando benefício do auxílio emergencial

Auxílio emergencial em 2021, divulgação.

Dessa maneira, indivíduos que estavam sendo beneficiados com o auxílio emergencial, poderão não estar mais dentro do possível novo critério que defina quem poderá receber novas parcelas, em uma eventual prorrogação do auxílio. Assim, é constatar que há um retrocesso quanto ao papel da gestão, em relação ao serviço de assistência social à população.

 

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque