.

Compactos

Volkswagen T-Cross: Brasil passa a exportar unidades para África

Publicado

em

Volkswagen T-Cross

Volkswagen T-Cross começa a ser exportado para a África, SUV compacto que conta com fabricação nacional do número um em exportação no Brasil. Em seu segmento, o carro é um sucesso inquestionável, sendo o mais comercializado em todo o ano passado.

Foram mais de 60,1 mil unidades vendidas, que em um ano de turbulências na economia, demonstra o posto de conforto do T-Cross.

Para o diretor executivo da Volkswagen na América do Sul, a expansão do VW T-Cross para a África será uma grande chance de ampliar os seus horizontes.

Sobretudo por se tratar do terceiro continente mais habitado de todo o planeta, onde a fabricante terá a oportunidade de conquistar um novo mercado e reafirmar a posição de líder em exportação no Brasil.

T-Cross em navio de exportação

T-Cross em exportação, divulgação.

VEJA TAMBÉM:

Em direção ao continente africano, o T-Cross tem destino certo quanto aos países em que será disponibilizado, sendo eles Costa do Marfim, Gabão, Sudão, Líbia, Madagascar, Ruanda e Gana. Quanto aos dois últimos citados, é válido lembrar que, nesses países, a Volkswagen tem o suporte de duas unidades montadas.

Porém, se engana quem acha que não há modificações quanto a versão nacional e aquela que chegará importada para a África. Isso porque essas unidades contarão com opções de transmissão manual e automática, nas versões Trendline, Comfortline e Highline.

Há divergências também quanto ao idioma que estará disponível no carro, que, ao invés do português, serão o inglês, francês e árabe, sendo essa última a mais falada no continente, com aproximadamente 200 milhões de indivíduos falantes.

T-Cross em cor branca

T-Cross na pista, divulgação.

O T-Cross é fabricado em São José dos Pinhais (PR), saindo com motor EA211 1.6 MSI de 110 cv de potência e 15,8 kgfm de torque, com 4 cilindros.

Muito embora, seja preciso salientar que a Volkswagen não divulgou a configuração do motor utilizado nas unidades exportadas para África.

 

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque