.

Elétrico

Porsche Taycan 4S 2020 apresenta 306 km em teste de autonomia

Publicado

em

Porsche Taycan 4S

O Porsche Taycan 4S, em um teste de autonomia, apresentou um desempenho muito similar ao tabelado na Agência de Proteção Ambiental (EPA). Esse é um feito que deve ser considerado, já que os elétricos possuem como um dos fatores principais a capacidade de rodar com uma única recarga. Quanto maior, melhor.

Acontece que boa parte dos elétricos não conseguem entregar a autonomia que é prometida pela EPA, sendo que, na maioria das vezes, esses números são muito abaixo do esperado. Isso porque a autonomia está condicionada a uma série de fatores, dentre os quais, a velocidade empregada pelo veículo.

No teste do Car and Driver, em uma pista de 120,7 km, o Taycan 4S 2020 conseguiu atingir quase 306 km de autonomia. No teste realizado pelo site Nessa unidade estava presente uma bateria de 83,7 kWh, versão maior conhecida por oferecer melhor desempenho.

Lateral do Taycan 4S

Taycan 4S (lateral), divulgação.

+ Nissan tem meta de carros totalmente elétricos antes da GM

+ GM pretende se tornar uma fabricante mundial de carros elétricos em 15 anos

+ Tesla Model S 2021: carro elétrico ganha autonomia capaz viajar de SP até RJ

Enquanto isso, os pneus Pirelli P Zero PZ4 Elect marcaram presença nas laterais do elétrico testado, as mesmas presentes no Turbo S. Na verdade, esse fator foi uma maré contrária.

Isso porque, as rodas em questão são as piores, quando consideradas as outras opções oferecidas pelo próprio Taycan, o que com certeza influenciou negativamente na autonomia apresentada pelo elétrico.

Parte de dentro do 4S

Taycan 4S (painel), divulgação.

Com a autonomia do Taycan 4S apresentada no teste, o elétrico fica apenas 6% abaixo do que é proposto pela EPA. Enquanto a agência informava em torno de 327 km de autonomia, foram observados 33 km a menos, diferença que pode ser tolerada, ainda mais levando em conta os pneus de verão utilizados.

O desempenho da autonomia do Taycan 4S supera o do Audi e-tron 2019, elétrico que também foi testado pela equipe e obteve o mesmo desempenho.

Traseira do Taycan 4S

Taycan 4S (traseira), divulgação.

No entanto, a EPA o classifica com maior autonomia do que o 4S, com 328 km. Por conta disso, o elétrico acabou ficando em segundo lugar, dando o pódio para o Taycan 4S, que apresentou números mais próximos.

Fonte: Car and Driver

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque