.

Elétrico

Porsche investe R$ 5,8 bilhões em tecnologia para clientes mais jovens

Publicado

em

Novo Taycan possui tecnologia pesada

Olhar Automotivo – Notícias de Carro: Porsche investe bilhões em recursos tecnológicos para seus carros de luxo, para os clientes mais jovens e experientes em tecnologia.

  • Porsche aumenta gastos em tecnologia para equipar seus carros de luxo e agradar ainda mais o público mais experiente em tecnologia. 
  • Marca investe R$ 5,8 bilhões em produtos digitais, quantia maior do que a despendida no ano passado para a mesma finalidade. 
  • Taycan Elétrico alcança números convincentes no mercado asiático, com isso a Porsche consegue recuperação importante após dificuldades nas vendas em todo o mundo. 

A Porsche está crescendo os seus investimentos em recursos tecnológicos que integram os seus carros de luxo, com objetivo de agradar o mercado com maior afinidade com os produtos digitais.

Dentre os mercados em que a marca percebe maior preferência pelos serviços eletrônicos em seus automóveis, a Porsche destaca o comércio chinês, em que os jovens ocupam maior parte da demanda.

Leia a seguir: Porsche Taycan 4S 2020 apresenta 306 km em teste de autonomia

Porsche investe em tecnologia

Porsche Taycan, divulgação.

Com o alvo bem definido, a Porsche investe R$ 5,8 bilhões (900 milhões de euros) a cada ano, na criação de meios eletrônicos. São R$ 641 milhões a mais (100 milhões de euros), do que os investimentos no ano passado.

Essa realidade demonstra a segurança da marca na aceitação da tecnologia por parte de seus clientes. Afinal, mesmo em um período de recuperação das atividades econômicas, a Porsche resolveu intensificar ainda mais o desprendimento de seus recursos nesse setor.

Leia a seguir: Porsche Taycan de entrada custa menos de R$ 590 mil

Porsche Taycan na pista

Porsche aposta em tecnologia, divulgação.

A confirmação do investimento veio por parte do diretor financeiro Lutz Meschke. Sua fala não somente endossou o movimento da Porsche, como também revelou que a marca coloca mais de R$ 962 milhões (150 milhões de euros) em startups e iniciativas que possuem capital de risco.

“Apesar da crise corona, não cortamos um único euro dos investimentos no futuro”, disse Meschke. “Pelo contrário: nós realmente pisamos no acelerador.”

Leia a seguir: Porsche Taycan estreia versão básica sem tração integral

Painel tecnológico do Porsche Taycan

Porsche Taycan (interior), divulgação.

Como a marca que mais rende dinheiro para a Volkswagen, a Porsche tem a firme decisão de expandir a sua participação no mercado. Dentre os recursos que geram receita para a marca está a atualização de informações sobre o tráfego em tempo real e um planejador de carga para o Taycan elétrico.

“Estamos convencidos de que só atingiremos nossas metas de lucratividade se implementarmos novas tecnologias para desenvolver produtos e serviços adicionais”, seguiu o diretor financeiro.

Leia a seguir: Carros de luxo podem ter IPI aumentado no Brasil

Tecnologia do Porsche Taycan

Tecnologia do Taycan, divulgação.

No mercado, a Porsche pretende alcançar um participação mínima de 15%, o que já é mais do que o dobro das demais divisões da Volkswagen.

A Porsche conseguiu uma recuperação eficiente no mercado, muito desse resultado positivo é devido ao mercado chinês, que ao contrário dos demais países, obteve crescimento durante o ano passado. Outro fator bastante importante diz respeito ao sucesso alcançado pelo Taycan, que com uma demanda exemplar, garante receita para a marca.

Leia a seguir: Como a Volkswagen pretende derrubar o Google nos carros autônomos

Recursos tecnológicos do Taycan

Porsche conquista público jovem, divulgação.

Meschke ainda comentou a respeito dos clientes da Porsche na China, que são muito mais jovens do que os presentes nos demais mercados.

Dessa forma, há uma exigência maior por parte deste mercado em maior integração dos recursos presentes nos carros e os aparelhos inteligentes, como os smartphones e smartwatches.

Leia a seguir: Carro sem volante da Volkswagen sairá de fábrica alemã

Porsche Taycan na pista

Porsche aposta em tecnologia, divulgação.

A interface digital da marca, o Porsche Connect, obteve 82% de adesão por parte dos clientes no ano passado, um crescimento de 22%, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Com isso, o aplicativo soma mais de 450 mil usuários em todo o mundo.

Na metade da década, em 2025, a Porsche terá metade de suas entregas de carros elétricos, o que irá impulsionar ainda mais os investimentos da marca nos recursos tecnológicos para equipar seus modelos de luxo.

Fonte: Porsche Autonews


Não deixe de conferir as matérias: 

Toyota pretende atingir o recorde de 9,2 milhões de vendas neste ano

Tesla Cybertruck precisa de muita sorte para não atrasar produção

Cadillac CT5-V Blackwing 2022 enfrenta supercarros de até 797 cavalos

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque