.

Mercado

ICMS em São Paulo pode causar fim de 70% das lojas de carros usados

Publicado

em

Carros usados em São Paulo mais caros

Carros usados tem ICMS de 5,5%, que torna inviável a sobrevivência da maioria dos estabelecimentos

O ICMS em São Paulo vem sendo um dos assuntos mais comentados dentre os interessados no mundo automotivo, levando em conta que, com o acréscimo no valor pago pelo tributo, o preço dos carros usados cresceu em 5,5%.

Dessa maneira, o próprio mercado, bem como os possíveis consumidores, acabaram sendo afetados de forma direta, tornando inviáveis boa parte dos negócios que poderiam ocorrer, principalmente pelo mercado de carros no Brasil estar em recuperação, após um ano passado conturbado.

ICMS encarece preço de carros

ICMS acresce preço dos carros.

Dentre um dos maiores perigos do aumento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços está o fato de que as consequências negativas, em boa parte das vezes, não são visíveis concretamente.

Isso porque, com o aumento do preço dos carros, os negócios que aconteceriam são boicotados e, esse grande demérito não é possível de ser contabilizado com exatidão.

Menos vendas

Ainda assim, a alta do ICMS em São Paulo acabou atingindo diretamente as lojas, o que permite uma visualização dos revés atribuídos ao número reduzido de vendas concretizadas.

Com menos vendas, a própria demanda é também decresce, o que requer imediatas movimentações no mercado, de modo a ajustar a oferta aos pedidos.

Feira de carros

Venda de carros, divulgação.

Na prática, o que ocorre é que, com o preço dos carros estão mais altos, a partir de agora, menos pessoas podem adquirir um carro.

Com isso, a tendência é de que até 70% da lojas fechem as suas portas, em razão da alta do ICMS em São Paulo, segundo informações do Sindiauto, responsável por agrupar os lojistas do estado paulista.

Usados ficam mais caros em SP

Carros em SP, divulgação.

De acordo com o presidente do Sindiauto, Marcelo Cruz, a manifestação dos lojistas por causa do aumento do ICMS não se trata de uma busca por maiores lucros.

Empregos afetados pelo ICMS de SP

Em suas palavras, deixa claro que, pelo menos, um milhão de empregos serão afetados por conta dessa medida, com o fechamento das lojas, por isso, afirma que se trata de uma questão de sobrevivência.

Outra consequência do aumento do ICMS em SP, que é alertada por Marcelo, diz respeito a inviabilidade de manter vendas com preços acessíveis no mercado.

Feira de carros usados

Feira de usados, divulgação.

Isso considerando que os custos atrelados aos impostos acabam sendo repassados para o consumidor. Para se manter em atividade, os lojistas acabam tentados a continuarem suas atividades na informalidade.

Redução do ICMS de São Paulo

De acordo com o Sindiauto, até o começo do segundo trimestre deste ano, as vendas serão reduzidas em 30%. Mas, a tendência é de que os compradores acabem esperando até meados de abril, quando o valor do ICMS em SP será reduzido para 3,9%, que ainda representa mais do que o dobro do valor anterior.

Frontal de carros em SP

ICMS encarece carros em SP, divulgação.

O presidente do sindicato ainda conclui afirmando que essa é uma situação insustentável, considerando que a venda de um determinado carro que custe, por exemplo, R$ 100 mil, serão acrescido outros R$ 8 mil apenas de impostos.

Isso sem contar que os lojistas acabam, em muitas situações, acabam vendendo esses automóveis sob um preço inferior, causando prejuízos que inviabilizam as atividades das lojas.

Comércio de carros em SP

Lojas de usados podem fechar em SP, divulgação.

Dessa maneira, os lojistas, sob a voz do Sindiauto relembram que, mesmo o valor anterior já sendo alto, era pagável e possibilitava as vendas dentro de uma margem mínima de lucro, enquanto que o valor atual do ICMS em SP não permite uma sadia relação de mercado.

Vale lembrar que também as fabricantes reclamam dos altos impostos no setor automotivo no Brasil, como a Volkswagen, que se manifestou o seu descontentamento com os encargos no país. 

Fonte: IG

+ posts

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.

Destaque