Frente da McLaren 720S Le Mans
McLaren 720S Le Mans (frontal), divulgação.

Versão festiva oferta interiores em cinza e laranja

Para comemorar o 25º aniversário de sua vitória no La Sarthe, a McLaren resolveu trazer uma nova edição do McLaren 720S Le Mans. O veículo feito exclusivamente para a comemoração surge com características em sua forma que fazem ode ao piloto do F1 GTR, que foi responsável por conduzir a bandeira no Circuito de Le Mans há 25 anos, quando a McLaren teve o seu primeiro veículo de produção. Os responsáveis por pilotar eram Yannick Dalmas, Masanori Sekiya e Jyrki Juhani Järvilehto (J.J. Lehto), quando o veículo 59 conseguiu realizar pouco menos de trezentas voltas (298), na corrida que teve duração de um dia completo, que conseguiu superar em uma unidade aquele que estava na segunda posição. Esse feito é homenageado em cada um dos veículos especiais que terão por início, 298.

Por se tratar de uma edição especial, em memória à corrida no La Sarthe, a tiragem dos veículos será extremamente limitada, garantindo o caráter especial desse feito. Serão somente 50 unidades dessa edição de comemoração serão fabricados na totalidade, desse número, 32% dos veículos serão destinados para a Europa. Essa porcentagem, quando convertida para unidades representam 16 do McLaren 720S Le Mans para o território europeu.

O veículo contará com a estampa comemorativa presente nas laterais, suporte da cabeça, tapetes, concha no teto e lâminas frontais feitas em fibra de carbono.

Outra característica exclusiva desse veículo fica por parte da própria pintura que será dotada de dois tons semelhantes ao GTR de 95, enquanto que na região superior será de Sarthe Gray, o restante inferior será dividido em Ueno Gray e McLaren Orange.

Mais detalhes

Na parte de dentro, os proprietários terão a possibilidade de escolher entre tons em cinza ou laranja no estofamento produzido em Alcântara, já os bancos são feitos em fibra de carbono. Existem também pontos personalizáveis, como cinto de corrida que possuem seis pontos, shift paddles extensos e entradas de ar, bem como outros acabamentos em fibra de carbono.

Traseira da McLaren 720S Le Mans
McLaren 720S Le Mans (traseira), divulgação.

Pelo fato do motor V8 do 720S ser o mesmo, isso quer dizer que essa edição contará com 720 cv de 0 a 62 mph de 2,9s, chegando em até 212 km/h.

As edições especiais possuem uma particularidade que vão além de fazer referência para uma data comemorativa, essa que se refere ao valor que será necessário desembolsar para adquirir uma unidade. Por se tratar de um veículo com tiragem limitada, é sempre esperado que o seu preço seja um tanto mais salgado, para compensar a quantia significativamente menor de produção. Não será diferente com o McLaren 720S Le Mans, que terá valor inicial a partir de £ 254.000 (cerca de R$ 1.6 milhão), preço esse que é consideravelmente maior do que a edição convencional em £ 36.000 (em torno de R$ 236 mil), ambos valores em conversão direta para o real.

As 24 horas de Le Mans de 1995 marcou a sexagésima terceira edição da corrida, ocorrendo dentre os dias 17 e 18 do mês de junho do mesmo ano, no Circuit de la Sarthe. Essa edição foi, sem dúvidas, uma das mais importantes para a equipe de Fórmula 1 McLaren, tendo em vista que nela ocorreu o primeiro êxito na disputa francesa.

Fonte: Car and Driver

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.