Tesla afirma que hatch elétrico pode ser fabricado na Gigafactory Berlim
Conceito hatch da Tesla, divulgação.

Instalação de última geração da Tesla entra em cena

Não é segredo para ninguém que a Tesla tem inúmeros objetivos para o desenvolvimento da fábrica de ponta instalada na Alemanha, esses que convergem sempre para um mesmo ponto em comum: a fabricação de unidades altamente tecnológicas.

Dessa vez, o Tony Stark da vida real, CEO da gigante, o Elon Musk, concedeu algumas falas a respeito de um de seus projetos, que antes já eram comentados como possíveis. Estamos falando da chegada de um novo elétrico no mercado, que poderia ser fabricado na instalação alemã, com o gostinho de novidade, por se tratar do primeiro hatch elétrico da Tesla, compacto e produzido pela mesma.

A relação da Alemanha com o setor automobilístico é muito peculiar. Para se ter uma ideia disso, basta considerar as pequenas dimensões do país, semelhante ao Estado do Mato-Grosso do Sul, com a sua posição na fabricação de automóveis. O país, de forma contraditória e mesmo com a queda de posição, se estabelece dentre os cinco maiores nomes no setor, considerando todo o ranking mundial, sendo a casa de grandes nomes, como BMW, Ford e Volkswagen.

Tesla afirma que hatch elétrico pode ser fabricado na Gigafactory Berlim 2
Tesla Model Y, divulgação.

Apesar disso, não somente o país, como todo o continente europeu, tem como característica a preferência por veículos de dimensões pequenas. Justamente sobre esse ponto que um comentário do Twitter interpelou ao diretor executivo da Tesla a respeito do lançamento de um carro de proporções reduzidas para atender melhor ao mercado local, ao invés do Model Y, SUV que surge com dimensões aproximadas 9% a mais do que o Model 3 (quase 4,70 m de comprimento).

Dessa maneira, o palco estava montado para a grande surpresa que está na afirmativa do próprio Musk que endossou, por meio da mesma rede social, a real possibilidade da chegada de um modelo hatch elétrico da Tesla para o mercado europeu. Vale lembrar que, em 2019, o veículo mais vendido na Alemanha foi o VW GOLF, com 15,3 mil unidades comercializadas apenas no último mês do ano.

Tesla afirma que hatch elétrico pode ser fabricado na Gigafactory Berlim 3
Interior do Model Y, divulgação.

Bem antes de Musk responder ao tweet do usuário, estava sendo ventilada chance do hatch elétrico da Tesla ser produzido em uma unidade chinesa. No entanto, há uma particularidade da fábrica alemã que se instaura como uma vantagem em uma hipotética competição entre ambas as unidades. Isso porque, enquanto a fábrica asiática possui uma maior gama de segmentos, como o esforço no desenvolvimento de baterias, a Gigafactory Berlim tem o seu escopo limitado à produção de veículos.

A unidade alemã tem a pretensão de apresentar uma nova proposta para as etapas de todo o processo de fabricação dos veículos, ao ponto se concretizarem uma verdadeira mudança dos rumos que o setor estava tomando.

Assim, pois, com as novas metodologias que apontam para técnicas mais refinadas de manufatura e demais aspectos, tem o objetivo de cortar, de forma considerável, os custos necessários para a produção das unidades. Dessa forma, o desconto acabará sendo repassado para o valor final a ser pago para a aquisição de um modelo produzido pela mesma, tornando a fábrica um grande nome em potencial.

Tesla afirma que hatch elétrico pode ser fabricado na Gigafactory Berlim 4
Lateral do Model Y, divulgação.

O nome certo para o hatch elétrico ainda está longe de ser revelado, porém, o termo não pode indicar nada menos do que ousadia. Já que, na casa da própria Volkswagen, a Tesla busca bater de frente com modelos como o ID.3, que possui autonomia de até 550 km.

Fonte: Electrek

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.