Mercedes AMG GT Black Series esbanja 720 cv com V8 repaginado
Mercedes AMG GT, divulgação.

Potência deriva do V8 que surge no título Black Series

A Mercedes-Benz, por si, já é conhecida por conta de seus veículos realmente potentes, que dirá então do modelo da fabricante que se encaixa dentre aqueles que são verdadeiras inspirações para a própria entidade quando está em voga os aspectos esportivos e de atuação na pista do veículo. Dessa maneira, o Mercedes AMG GT, veículo misteriosamente citado anteriormente não se contentou em ser “simplesmente um dos maiores”, em virtude disso, sobe ainda mais de nível ao receber modificações sob o selo Black Series.

  • Motor: V8 4.0 (M178 LS2)
  • Potência: 730 cv
  • Torque: 81,5 kgfm
  • Zero a 100 km:  3,2 segundos
  • V.M: 325 km/h

Como o Black Series não estreia com o Mercedes AMG GT Black Series, isso implica em outros cinco irmãos, como o Mercedes SLS AMG, apesar disso, o esportivo da vez consegue se destacar, justamente, no quesito potência, uma vez que chega com uma nova versão do motor V8 4.0, que alcança a potência de 730 cv. A tração é direcionada para o eixo traseiro em uma caixa dupla que consegue potencializar a troca das sete velocidade presentes como opção no câmbio de marcha.

Também é dotado de virabrequim plano, evitando os pontos negativos de um cruzado, por exemplo, além de responder com melhor precisão, por conta inércia rotacional ser reduzida. Outro benefício diz respeito ao cárter seco que terá um papel lubrificante, assim, por ter menores dimensões, o que resulta em um centro gravitacional inferior.

Mercedes AMG GT Black Series esbanja 720 cv com V8 repaginado 2
Mercedes AMG GT na pista, divulgação.

Com tamanha potência, o Mercedes AMG GT Black Series precisou adotar com um sistema de resfriação muito mais eficiente, e assim o fez, por conta da presença de intercoolers consideravelmente maiores, esses que funcionam diminuindo a temperatura do ar comprimido, através da troca de calor com uma fonte menos quente.

O visual frontal desse veículo parece projetado para uma maior ventilação, já que recebe uma entrada de ar em seu meio, grades enormes, além das brechas nas extremidades laterais do capô. Enquanto isso, na parte de trás do veículo, o difusor feito em fibra de carbono chama bastante atenção para si.

Dentro do Mercedes AMG GT Black Series a sensação visual é de extremo conforto, por conta do uso de microfibra e couro, a começar pelo revestimento fosco do volante, em harmonia com todo o painel e contraste com os detalhes em laranja dos botões e da linha do revestimento preto.

Mercedes AMG GT Black Series esbanja 720 cv com V8 repaginado 4
Mercedes AMG GT de cima, divulgação.

+ Recursos

O combo de proteção AMG Track Package é listado como uma alternativa para aqueles que procuram por mais segurança e estão dispostos a pagar mais por isso.

Para uma situação onde o motorista perca o controle do veículo e o acidente acabar em capotamento, esse sistema dispõe de Santo Antônio produzido em titânio, sem contar as varas do mesmo material na parte de dentro, para aumentar a resistência do veículo em situações desse tipo. Além disso, o cinto de quatro pontos será um reforço de segurança a mais para reduzir os danos nocivos para o corpo humano nesse hipotético acidente.

Mercedes AMG GT Black Series esbanja 720 cv com V8 repaginado 5
Traseira do AMG GT, divulgação.

Por mais que o valor ainda não tenha chegado ao público, é esperado que esse gire em torno de € 270 mil, que equivale a mais de R$ 1,6 milhões. Assim, sortudos moradores da Europa terão prioridade e já podem realizar os seus pedidos, sendo que a disponibilidade das unidades é aguardada para os últimos meses do ano.

Fonte: GT Spirit

 

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.