Tesla Cybertruck pode receber novo visual, afirma Elon Musk
Tesla Cybertruck, divulgação.

Visual futurista pode dar espaço para versão mais “comum”

Quem torce o nariz para a Tesla Cybertruck tem todo direito para expressar sua opinião sobre a picape elétrica, no entanto, negar o sucesso em ser o centro das atenções do veículo seria, de fato, negar a própria realidade expressa em toda a internet. Até mesmo quem não é entusiasta do mundo dos automóveis parou para ver a picape exótica e sem curvas que acabou se tornando um dos modelos mais comentados em toda a década.

Apesar disso, tudo leva a crer que o êxito da Cybertruck não surge de um esforço direto da Tesla, isso porque, nesse momento está bem nítido que a empresa do Tony Stark da vida real não tinha muita noção de como o modelo iria se comportar no mercado. Isso mesmo, a picape elétrica quadradona não teve nenhum estudo de mercado antes de ser desenvolvida. A informação surge em falas concedidas por Elon Musk ao Automotive News, onde foi afirmado que a sua inspiração não foi nada com base em esquemas e gráficos de pizza.

De acordo com o CEO, a empresa gostaria apenas de fazer um veículo que remetesse à interpretação de futuro descrita pelas obras da cultura pop. Como exemplo, Musk cita o filme Blade Runner (1982), do diretor Ridley Scott, onde Harrison Ford protagoniza um policial em um 2019 cyberpunk incubido de “aposentar” seres criados por bioengenharia, conhecidos por replicantes. Os fãs do longa surtaram ao perceberem que, realmente, a Cybertruck era idêntica aos carros presentes no cenário futurista do filme.

Tesla Cybertruck pode receber novo visual, afirma Elon Musk 2
Carro de Blade Runner, divulgação.

Por mais que não represente nenhum abalo para Musk, caso a picape não tenha um bom desempenho nas vendas, a Tesla está sendo prudente, reservando uma carta na manga para esse possível cenário. Caso o investimento no visual triangular da Cybertruck tenha sido um passo em falso no sentido lucrativo, situação essa que não se mostra como provável, considerando o sucesso na divulgação, a fabricante permanece aberta para lançar a mesma picape sob um aspecto mais comum.

Estratégia de mercado

O CEO, conhecido por não ter papas na língua e ser sempre alvo de declarações polêmicas, afirma que o mercado das picapes está superlotado de unidades extremamente parecidas, de tal modo que, segundo ele, seria quase impossível apontar as distinções entre elas.

Logo, não representaria nenhuma dificuldade para a empresa a modificação no visual da Cybertruck, que mais parece uma rocha prestes a ser esculpida. Dessa maneira, a Tesla consegue realizar uma aposta inovadora que permite uma adaptação para o convencional, caso se mostre necessário.

Tesla Cybertruck pode receber novo visual, afirma Elon Musk 3
Tesla Cybertruck (lateral), divulgação.

Se diferente da Tesla ao lançar a Cybertruck, uma análise do mercado fosse realizada sobre o sucesso do modelo, não haveria necessidade de preocupação por parte da empresa. Isso porque, os duzentos mil pedidos da picape elétrica apontam para sucesso de vendas na demanda que busca atingir ou mesmo criar.

Assim, uma vez que essa unidade não foi desenvolvida para agradar os amantes das picapes tradicionais, que preferem têm sempre como preferência o mesmo visual e motorização já conhecidas pelo grande público, mas inovar em um ousado investimento elétrico.

Fonte: Automotive News

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.