VW Up em frente aproximada
VW Up na pista, divulgação.

VW Up! se perde no mercado e será descontinuado em breve

O VW Up! 2021 não será mais fabricado no Brasil. O motivo não é segredo para ninguém, já que o público brasileiro é muito franco no que diz respeito aos atrativos que chamam atenção em um carro, seja lá qual for o seu segmento. Mirando no público mais jovem, o compacto acerta, mas o preço ainda é muito salgado ao paladar brasileiro.

A demanda mais jovem acabou atraída pelo Up! por conta de alguns fatores que acabam nadando na mesma maré do que é procurado em um modelo, por parte desse mesmo público.

Identificação com o público jovem

Não há como negar que o compacto é direto em sua proposta e ainda entrega economia atraente, questão decisiva para agradar aqueles indivíduos que estão acostumados com moto e querem migrar para os carros, sem sentir tanto o peso no bolso do consumo de combustível.

Com um motor de três cilindros, o Up! se enquadra como uma das opções mais interessantes para quem procura uma opção prática e de baixo custo de alimentação. Para aqueles que procuram mais emoção, também foi disponibilizada a versão TSI, versão esportiva que delimita ainda mais o público alvo.

VW Up rodando na rua
VW Up rodando, divulgação.

Mesmo com toda essa identificação e parecendo ter o seu espaço no mercado, com o tempo o Up! acabou sendo deixado de lado, sobretudo em meio à declarada tendência da Volkswagen de mergulhar sem receios no segmento dos SUVs.

Esse é mais um dos indícios de que os carros de maior porte, incluindo também as picapes, estão tomando o lugar dos modelos que eram considerados carros populares.

VW Up na pista do Brasil
VW Up, divulgação.

Preço salgado do VW Up!

Há quase uma guerra declarada aos compactos e sedãs. Há algum tempo a Volkswagen veio reduzindo a fabricação de modelos como o Gol e Fox, o que já deixava claro a tendência tomada pela fabricante.

Mas também o Up! não ajudou compensando com um preço atrativo, afinal de contas, R$ 60 mil acabou ficando pesado, sobretudo após reduzir a sua capacidade de cinco para quatro pessoas.

Interior do VW UP
VW UP (interior), divulgação.

Somando isso ao fato de possuir uma base não mais usada pelos demais modelos, o compacto acabou virando um moribundo, cujo fim de produção seria apenas questão de tempo.

Substituto do VW Up!

Há possibilidade de que o Polo seja o substituto para o Up!, como uma opção de entrada, usando um motor 1.0 de 3 cilindros aspirado, com grandes chances de que a produção siga na unidade de Taubaté, em São Paulo. De acordo com os metalúrgicos locais, a versão receberá o título de Polo Track.

Lateral do novo VW Up
VW Up (lado), divulgação.

A escolha do nome Polo Track surge em referência ao mesmo nome outrora usado no Fox, que chegou ao mercado brasileiro apresentando uma relação enxuta de recursos, focando em leves detalhes em plástico nas caixas de rodas. Também é esperado que a Volkswagen realize algumas mudanças no visual do Polo, de modo a deixá-lo mais acessível.

Como os modelos que estão sendo descontinuados pela Volkswagen, dentre os quais se encontra o Up!, são construídos sobre a plataforma PQ, todas essas carecem de um problema em comum: a não compatibilidade com os recursos tecnológicos modernos.

Frontal-lateral do novo Up
Up (frontal-lateral), divulgação.

Com novo Polo sendo construído sobre a MQB, boa parte dos problemas enfrentados pelos proprietários desses modelos serão resolvidos, considerando que assim as novas tecnologias estarão disponíveis para integrar o veículo, dentre os quais se destaca a VW Play, nova central de multimídia da fabricante.

Mercado busca por tecnologia

Além da tendência para os SUVs e picapes, outra nuance do mercado brasileiro acaba sendo destacada por meio das novas decisões da Volkswagen. Já que o VW Up!, mirando no público mais jovem termina seus últimos dias distante da demanda pretendida.

Traseira do Volkswagen Up
VW UP (parte de trás), divulgação.

Assim considerando que, por sua base ser mais antiga, não era compatível com recursos como o controle de tração ou os demais disponíveis para a plataforma modular MQB.

Fonte: UOL

 

Jornalista de formação, trabalho em grandes jornais do ramo automotivo. Gosta de games e séries.