Sucesso de vendas no seu lançamento em 2016, o Jeep Compass se renova para enfrentar a concorrência e ganha fôlego com novidades. Para isso o SUV da Jeep revebeu um motor turbo flex de 185 cavalos como maior novidade nessa que não é uma mudança de geração é só uma reestilização, então a carroceria continua igual a versão anterior, a Jeep só fez algumas mudanças no visual na lanterna o que muda são novos elementos internos, também tem uma nova nomenclatura t270 ela tem a ver com o torque de 270 newton-metro ou 27,5 kg de torque.

Desempenho melhor que o Corolla Cros e o Volkswagen Taos, a versão top ganhou uma saída de escape dupla, já o porta malas continua pequeno em relação aos concorrentes, são 410 litros contra 498 do Taos e 440 do Toyota Corolla Cross, mas o interior do bagageiro tem bom acabamento e possui iluminação e o step é  temporário, a abertura da tampa do porta-malas elétrica e pode ser fechada por esse botão também dá para abrir e fechar tampa passando o pé embaixo do para-choque. Esse é um item novo mas ele vem de série só na versão mais cara e outra diferença é que na versão de entrada o logotipo e o friso do porta-malas é cromado, já  versão na topo de linha é fosco.

 

O que mudou na lateral aqui o para-lama é pintado na cor do veículo na versão mais cara a roda tem um desenho novo todas as versões ela é de 17 polegadas na versão de entrada ,18 na longitude e 19 na Limited.

Já na grade dianteira foi redesenhada e o conjunto cóptico ganhou novos faróis em Full LED.

Interior

Muita coisa mudou no interior do Novo Jeep Compass 2022, mas acabamento continua sendo um dos principais pontos fortes, com muitas peças emborrachada e muitas outras peças revestidas de couro até o plástico duro é bem acabado com textura, com novo quadro de instrumentos e nova central Multimídia no estilo flutuante, de 10,1 polegadas nas versões topo de linha e 8,4 nas versões de entrada.

Também há suporte à plataforma Adventure Intelligence, que permite sincronizar carro, celulares e dispositivos da Amazon a fim de oferecer monitoramento em tempo real de parâmetros do veículo, suporte à distância entre outras funções nas versões Longitude e Limited, e muito provavelmente será opcional na Sport.

Outro destaque é a câmera de ré que impressionou com a qualidade de imagem. Já no console há um carregador de celular por indução nas versões mais caras, que também tem frenagem automática de emergência detector de fadiga além do sistema que ler as placas e avisa a velocidade da Via para o motorista mas não tem aquela função de controle de velocidade. Os bancos são em couro, na versão top de linha possui teto solar. ,A vida de quem viaja nos bancos traseiros terá o conforto e garantido para dois passageiros com sobra, já quem viaja no meio tem pouco espaço para colocar os pés.

Impressões ao Dirigir

 

A suspensão macia continua sendo uma agradável característica do Novo Jeep Compass 2022, com trocas de marchas suaves, garantidas pelo câmbio CVT que é o mesmo da versão anterior, muito bom diga-se de passagem, silêncio. O  Compass se renovou para ganhar uma sobrevida frente aos novos concorrentes, resta saber se o pouco porta-malas e um visual sem grandes novidades, farão uma grande diferença negativa na hora da compra .

Versões e preços:

 

Com preços que partem de 140 mil e podendo chegar até 217 mil reais.

Sport T270 Flex AT6: R$ 139.990

Longitude T270 Flex AT6: R$ 154.990

Limited T270 Flex AT6: R$ 176.990

Serie S T270 Flex AT6: R$ 187.990

Longitude T350 Diesel AT9: R$ 196.990

80 anos T350 Diesel AT9: R$ 204.990

Limited T350 Diesel AT9: R$ 216.990

Trailhawk T350 Diesel AT9: R$ 216.990

Teste ACELERAÇÃO

0 – 100 km/h: 9,4 s

0 – 400 m: 16,7 s

0 – 1.000 m: 30,4 s

Veloc. a 1.000 m: 175 km/h

Vel. real a 100 km/h: 96 km/h

RETOMADA

40 – 80 km/h (Drive): 4,1 s

60 – 100 km/h (D): 5,1 s

80 – 120 km/h (D): 6,3 s

FRENAGEM

100 – 0 km/h: 43,6 m

80 – 0 km/h: 28 m

60 – 0 km/h: 15,8 m

CONSUMO

(Etanol) Urbano: 7,2 km/l Rodoviário: 8,3 km/l Média: 7,7 km/l Aut. em estrada: 498 km

Ficha Técnica

Preço Serie S (estimado): R$ 190 mil

Motor: Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.3, 16V, turbo, injeção direta de combustível, flex Potência: 180 cv (G) e 185 cv (E) a 3.750 rpm

Torque: 27,5 kgfm (G e E) a 1.750 rpm

Câmbio: Automático, 6 marchas; tração dianteira Direção: Elétrica Suspensão: Independente, McPherson (D e T) Freios: Discos ventilados (D); discos sólidos (T)

Pneus: 235/45 R19

Tanque: 60 litros

Porta-malas: 410 litros (fabricante)

Peso: 1.589 kg

Central multimídia: 10,1 pol., sensível ao toque

DIMENSÕES

Compr.: 4,40 metros

Largura: 1,82 m

Altura: 1,62 m

Entre-eixos: 2,63 m

Olhar Automotivo – Seu diário Digital de Notícias Automotivas. 

Jornalista. Ama ler, motos e viciada em séries.