Créditos: Ricardo Nogueira/CBF

Sérvia x Brasil jogam hoje(8) às 14 horas (horário de Brasília), no estádio Rajko Mitic, em Belgrado, em jogo preparativo para os jogos Olímpicos de Tóquio. Para assistir o confronto pela AO VIVO, o telespectador deverá sintonizar o canal Globo na TV aberta ou SporTV na tv por assinatura.

Após a derrota para o Cabo Verde por 2 a 1 de virada,  seleção olímpica vai em busca de melhorias no sistema de jogo e fará testes de variações táticas e rodizio de jogadores. Em busca do segundo título, o Brasil é o atual campeão olímpico, quando conquistou o título em 2016 a Seleção era comandada pelo técnico Rogério Micale, quando venceu a Alemanha nos pênaltis.

Provável escalação do Brasil: Cleiton, Gabriel Menino, Nino, Gabriel Magalhães e Arana; Bruno Guimarães, Gerson, Claudinho, Antony, Pedro e Rodrygo.

Sérvia x Brasil Hoje: data, horário e como assistir AO VIVO e ONLINE à partida da seleção olímpica

Sérvia x Brasil duelarão na tarde desta terça-feira (08), às 14h (de Brasília), em Belgrado, em amistoso internacional antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Os torcedores poderão assistir AO VIVO à partida da seleção olímpica brasileira pela TV Globo e pelo SporTV.

Sérvia x Brasil jogam hoje(8) às 14 horas (horário de Brasília), no estádio Rajko Mitic, em Belgrado, em jogo preparativo para os jogos Olímpicos de Tóquio. Para assistir o confronto pela AO VIVO, o telespectador deverá sintonizar o canal Globo na TV aberta ou SporTV na tv por assinatura.

O técnico da Seleção não espera que o Brasil tenha vida fácil no torneio olímpico. Mas Jardine sabe que, em um campeonato com esse nível de competitividade, não há outra opção senão encarar todo jogo como uma decisão, independente do adversário.

“É uma competição muito difícil, com caráter de Copa do Mundo. É uma competição que requer um respeito muito grande por cada adversário. O exemplo das últimas Olimpíadas é importante. O Brasil foi campeão, mas na primeira fase teve muitas dificuldades e nem sempre contra camisas consideradas pesadas. É uma chave difícil, como as outras também são. É muito difícil conjecturar qual Seleção é mais forte, a competição é que vai acabar dizendo. A possibilidade de levar jogadores acima da idade torna ainda mais difícil da gente decifrar quem serão os principais adversários. O que nos remete a pensar jogo a jogo e ter uma preparação perfeita, com um estudo profundo de cada adversário. Temos que respeitar todo mundo e fazer de todo jogo uma final”, analisou.

Foto – Ricardo Nogueira/CBF
Créditos: Ricardo Nogueira/CBF

Se a lista ainda precisa ser definida, em um aspecto André Jardine não precisa ter dúvidas: a vontade dos atletas. Durante a entrevista coletiva, o treinador valorizou a paixão com a qual muitos desses jogadores encaram a chance de defender a Seleção Brasileira e valorizou esta característica.

“Esse desejo que alguns jogadores manifestam é importante, a gente gosta de ouvir. Muito mais do que a qualidade técnica, em primeiro lugar vem esse fogo, essa paixão, essa vontade de jogar uma Olimpíada, de estar na Seleção. A gente leva muito isso em consideração e percebe isso muito forte em alguns jogadores, mesmo, em alguns casos, em jogadores já de Seleção Principal, manifestando e mostrando. Isso só vai deixando muito claro para todo mundo o quão importante é essa competição que estamos nos preparando para jogar”, pontuou.

Jornalista. Ama ler, motos e viciada em séries.